Um colar para cada tipo de decote

Tão importante quanto peças que favoreçam seu tipo físico e reforcem seu estilo, os acessórios são complementos de grande valor na composição de um look. Diferente do que muitos pensam, eles também têm seus segredinhos para que funcionem de acordo com a sua necessidade, ajudando por exemplo a visualmente valorizar uma região ou equilibrar o seu tipo de rosto.
Hoje vamos falar da harmonização dos colares com os diversos tipos de decotes, em blusas, camisas, blazers e vestidos, para que o resultado final seja harmônico e valorize a sua composição. E para que esse processo seja simples, traremos dicas rápidas e fáceis de aplicar no seu dia a dia.

Para os decotes arredondados, priorize as peças também arredondadas, acompanhando o decote da roupa. Para os decotes em V, o colar usado pode também ser em V, mais comprido, ou grudado ao pescoço, como as coleiras, gargantilhas e chokers. Mas lembre-se de que as peças muito próximas ao pescoço visualmente acabam engordando, portanto são mais recomendadas para pessoas longilíneas.

Para as peças de gola alta, o uso de colares funciona quando são mais compridos e colocados por fora. Já para os decotes diagonais, o ideal é fazer uso apenas de brincos, pulseiras, braceletes e relógios, dispensando o colar. Com os decotes tomara que caia, e também os decotes canoa, o colar deve ficar mais justo ao pescoço.

Quanto a profundidade dos decotes, o importante é encontrar o seu ponto de foco, para que visualmente o conjunto fique equilibrado. E existe um jeito fácil de encontra-lo. Com uma fita métrica verifique o comprimento vertical do alto da sua testa (onde começa o cabelo), até a ponta do seu queixo. Use essa mesma medida verticalmente em direção ao umbigo para achar o seu primeiro ponto de foco. Continuando desse ponto, com a mesma medida você vai encontrar o seu segundo ponto de foco. O ideal é que principalmente para o seu ambiente de trabalho, os decotes fiquem no seu primeiro ponto de foco, pois quanto mais abaixo, mais atenção vai chamar para aquela região.

Lembre-se que para cada tipo físico ou formato de rosto existem elementos que favorecem na harmonização do conjunto e também aquelas pecas que devem ser usadas com muito cuidado.
Mas se você não sabe ainda o que funciona melhor dentro do seu tipo físico, formato de rosto e estilo, conte com a Nothing to Wear para te orientar.

Imagens: Pinterest

Leave a Comment

Your email address will not be published. Marked fields are required.