Conhecendo os elementos de design das roupas

Antes de entrarmos nas dicas sobre como avaliar os elementos de uma peça, precisamos entender o que são esses elementos. Estamos falando de itens importantes que as vezes de forma intuitiva olhamos, mas não necessariamente temos a consciência do efeito que eles trazem em uma peça de roupa. Aqui devemos considerar as cores, texturas, modelagens, padronagens (estampas) e linhas. Vamos falar um pouquinho mais de algumas delas abaixo.
Linhas – indicam o contorno e detalhes de uma peça, dividem áreas e definem a forma de uma roupa. Quanto mais curva, quebrada, fina e vertical, irão ajudar a diminuir visualmente a peça e consequentemente a região. Quanto mais reta, grossa, ininterrupta e horizontal, irão visualmente aumentar a região. Observando uma peça, devemos considerar também as linhas internas (detalhes adicionados a roupa como lapelas, botões, costuras, babados, bolsos…) e externas (formato da roupa).
Cores – quando avaliamos esse elemento, devemos considerar a profundidade (claro e escuro), temperatura (quente e frio) e a intensidade (brilhante e opaco). Os tecidos escuros, opacos, frios e com pouco contraste, auxiliam a visualmente diminuir a peça. Já os tecidos claros, brilhante, quentes e com muito contraste, aumentam visualmente a região.
Textura – estamos falando das tramas de um tecido, disposição de fios e da qualidade visual e tátil dos materiais. Quanto mais texturas, brilhos, volume e rigidez tiverem os tecidos, mais aumentarão visualmente a região. Devemos considerar como exemplo o piquê, tweed, veludo cotelê, cetim, tafetá de seda, metalizados, jeans grosso, tricot de trama grossa, pele e couro. Quanto mais fluido, leve, macio, maleável e opaco forem os tecidos, mais diminuirão visualmente a área. Como exemplo, considerem a sarja, gabardine, jérsei opaco, tricot fino, lã fina, crepe georgette e de algodão.
Padronagem – são as formas, cores e linhas estampadas em um tecido. A sequência e elementos do desenho colocados na estampa. As estampas pequenas, mais dispersas e curvas, diminuem a peça visualmente. Em contrapartida, as estampas grandes, com formas mais retas e geométricas, aumentam visualmente a região.
De forma geral, devemos lembrar que alguns elementos de design presentes nas roupas e acessórios criam ilusões de ótica que podem amenizar ou destacar uma região. E isso deve sempre ser considerado no momento da escolha das suas peças.

Agora, você já pode se sentir um pouco mais confiante para avaliar se aquela peça do seu armário ou mesmo uma nova peça, fazem sentido para o que você busca valorizar no seu corpo. Mas claro, se precisar de ajuda para entender o seu tipo físico, estilo e fazer diferentes composições com as suas roupas atuais, conte com a Nothing to Wear.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Marked fields are required.