Categoria: CLOSET

Quatro peças que nunca saem de moda

Quem nos acompanha sabe o quanto somos fãs de um armário versátil e que reflita a sua personalidade. Hoje, resolvemos dividir com vocês algumas peças que julgamos vitais em um armário atemporal e cheio de estilo.

Para começar, vamos falar sobre a camisa branca.

Embora algumas pessoas achem que se trata de uma peça típica de um guarda-roupa clássico ou super formal (muitas vezes com o rótulo de ambiente de trabalho), estamos falando de um item que consegue te acompanhar da praia/piscina aos ambientes mais sofisticados. O segredo aqui é encontrar um modelo sem muitos detalhes ou características que podem comprometer a peça, como babados e bordados, com bom caimento e de boa qualidade. Lembre-se que ela não deve ficar justa demais no busto e nem folgada nos ombros. Para trazer um ar inusitado, aposte nas sobreposições e no mix de estilos.

Nossa segunda peça é o jeans.

Impossível pensar que esse item, extremamente curinga, deva ficar reservado aos finais de semana ou apenas aos momentos super casuais. Mesmo sendo uma peça menos formal, um bom jeans acompanhado de acessórios de boa qualidade e itens elegantes, pode ser responsável por composições lindíssimas e de extremo bom gosto. Mais uma vez reforçamos que quanto menos detalhes a calça tiver, como bordados, barras marcantes e rasgos, mais facilmente será coordenada com outras peças. Os jeans mais escuros geralmente acabam sendo mais elegantes, além de ajudar visualmente a parecer mais magra. E aqueles com cinturas intermediarias, nem muito baixa e nem muito alta, ajudam a valorizar a silhueta, garantindo também que a sua lingerie não fique aparente se tiver que abaixar e possa se sentar confortavelmente.

Nossa próxima peça é a jaqueta de couro.

Para que possa manter esse item por muitas e muitas temporadas no seu guarda-roupa, é fundamental que tenha uma modelagem impecável e que funcione para o seu tipo físico. As opções de modelos são muitas, mas se você procura por algo que possa te acompanhar por bastante tempo, opte pelos mais básicos, ajustados ao corpo na medida certa e de cores neutras. Outro fator importantíssimo na hora de investir em uma nova peça, é a sua durabilidade. Os couros de verdade, quando bem conservados, permanecem inteiros por longos períodos. Já as opções em couro sintético ou também denominados como couro ecológico, terão um período de vida bastante limitado, uma vez que com o tempo ficam craquelados e esfarelam.

Por último, vamos falar dos blazers.

Assim como a camisa branca, muitas vezes é considerado uma peça formal, careta e que deve frequentar apenas os ambientes de trabalho mais rígidos. Porem, a sua flexibilidade é enorme e sem nenhuma duvida ele consegue compor visuais extremamente descolados e com muita personalidade. Assim como os demais itens anteriores, a escolha da cor, tecido e modelo irão garantir a sua durabilidade. Sempre que optamos por peça mais neutras, sem tantos detalhes e que favoreçam o seu tipo físico, aumentamos a probabilidade de que ela permaneça em uso por muitas temporadas e ocasiões.

Lembre-se sempre de que um armário versátil, além de poder te acompanhar em diversas ocasiões, deve principalmente respeitar a sua personalidade e estilo.
E claro, se precisar de ajuda para trazer um novo olhar ao seu atual guarda-roupa, ou resgatar o seu estilo, conte com a Nothing to Wear.

Construindo um guarda-roupa sólido

Todo mundo sonha em ter um guarda-roupa versátil e que traduza o seu estilo pessoal. Aquele conjunto de peças que, em sua grande maioria, funcionam entre si e estão prontas para te acompanhar em qualquer compromisso. Mas para que isso possa acontecer, antes de tudo é preciso ter consciência do nosso estilo pessoal e dos itens que ali estão. Avaliar com tranquilidade e honestidade o que realmente faz diferença no seu armário, e quais peças funcionam a seu favor. Essa analise quando feita de forma correta e meticulosa, ajuda a diminuir a vontade de fazer compras desnecessárias e a construir uma base solida para que todos os dias você possa imprimir o seu estilo com confiança. Claro que esse processo nem sempre é algo simples de se fazer, e muitas vezes pode demandar a ajuda de um profissional com um olhar mais técnico e imparcial, como o Consultor de Estilo. Para o sucesso dessa etapa é importante experimentar as suas peças, fazer composições inusitadas e estar disposta a trazer um olhar diferente para aquele universo que parece trivial.
Ao longo desse processo, é essencial que perceba e tome nota dos itens que eventualmente estejam faltando em seu armário, para que ele possa funcionar da melhor forma. Essa relação de peças fará com que suas próximas aquisições sejam funcionais e conscientes.
Mas você deve estar se perguntando quais são os itens coringas de um armário. É claro que isso vai depender bastante do seu dia a dia e estilo pessoal, mas separamos aqui algumas peças que acreditamos fazer diferença na maioria deles.

Sapato clássico de salto alto: aquele que favorece suas pernas e de boa qualidade. De preferência num tom neutro como preto, marrom, cinza ou nude, para que seja versátil. Importante que a altura do salto seja confortável para que por exemplo possa aguentar ficar em pé por cerca de duas horas sem problemas. E lembre-se que se quiser que eles durem por um bom período, deve evitar modelos com linhas muito especificas como bicos muito finos, muito quadrados ou bastante arredondados, para que não fiquem datados.

Sapatilhas: básicas e confortáveis para que possam te acompanhar por muitas caminhadas. Aqui podemos colocar um pouquinho de personalidade para que ela ajude a compor o seu estilo. O couro é sempre uma ótima opção de material, pois além de duradouro, acaba se ajustando ao seu pé.

Trench coat ou Casaco: de modelo clássico e duradouro, que quando utilizado compõem um visual elegante e arrumado. Essencial que funcione perfeitamente tanto aberto quanto fechado para que seja uma peça realmente versátil. O modelo e comprimento vão depender do seu tipo físico e estilo pessoal.

Camisa social branca: uma peça versátil que quando possui uma modelagem perfeita e um bom tecido, traz um ar de sofisticação e elegância imediato. Para que isso aconteça, ela não deve ficar justa demais no busto e nem folgada nos ombros. Além disso, você precisa conseguir mexer os braços com conforto.
Camiseta branca: aquela peça coringa, que pode ser usada sozinha ou com uma sobreposição. Com uma modelagem que respeite e valorize o seu tipo físico e que funcione com a maioria dos itens do seu guarda-roupa.

Calça: assim como os casacos, com um bom caimento, de cor neutra e corte simples para que seja atemporal. Para que tenha uma boa durabilidade evite os modelos com muito volume ou muito estreitos.

Blazer ou jaqueta: com uma modelagem incrível para que possa ser usada em qualquer produção com sucesso. As opções de modelos e materiais são muitas, mas se procura por algo que possa te acompanhar por um longo período, opte por modelos mais básicos, ajustados ao corpo na medida certa de forma que ajudem a valoriza-lo.

Saia: de preferência preta ou de cor escura para garantir sua versatilidade. O comprimento deve ficar logo acima do joelho, ou logo abaixo, dependendo de como se sentir melhor. As saias lápis são responsáveis por visuais elegantes e mais sensuais, na medida certa. O modelo evasê acaba funcionando bem em quase todos os tipos físicos. Quanto ao tecido, deve-se avaliar a estação do ano ou o clima predominante na sua cidade. Geralmente para climas mais frios a lã é uma boa opção e para os climas mais leves o algodão sempre funciona.

Vestido preto: um item básico e elegante que pode ser usado em inúmeras situações, com ou sem acessórios. Aqui é essencial que o caimento seja perfeito, realçando seus pontos fortes, sem ficar apertado em nenhum lugar. Os complementos e acessórios, como lenços, cintos, colares, broches, meias e sapatos diferentes farão com que ele possa ser usado de formas diferentes, aumentando a versatilidade da peça. Lembrando ainda que geralmente funcionam bem como base para sobreposições de casacos, camisas e coletes.

Cardigã ou suéter: de boa qualidade, que poderão ser usados sozinhos, por baixo ou sobrepondo outras peças. Para as temperaturas mais amenas, o cashmere traz uma opção quentinha, leve e confortável. Para a meia estação um bom algodão funciona perfeitamente. Quanto ao modelo, vai depender da sua personalidade, mas lembre-se que as peças com tramas mais finas acabam sendo mais elegantes e fáceis de usar.

Jeans: fundamental para um guarda-roupa versátil. Aquela peca que lhe cai bem e faz com que se sinta ótima com você mesma. Que pode te acompanhar em compromissos mais casuais e até mesmo durante a noite, desde que não sejam ocasiões formais. Os jeans mais escuros acabam sendo mais elegantes, além de ajudar visualmente a parecer mais magra. E aqueles com cinturas intermediarias, nem muito baixa e nem muito alta, ajudam a valorizar a silhueta, garantindo que a sua lingerie não fique aparente se tiver que abaixar e possa se sentar confortavelmente. Mais uma vez reforçamos que quanto menos detalhes a calça tiver, como bordados, barras marcantes e rasgos, mais facilmente serão coordenadas com outras peças.

Bolsa: espaçosa o suficiente para levar seus pertences com elegância no dia a dia, de ótima qualidade, acabamento impecável e que principalmente represente seu estilo. Para ocasiões mais formais ou eventos noturnos, aposte em uma bolsa delicada, com algum detalhe interessante e sofisticado, e que tenha o tamanho necessário para carregar seus documentos, celular, dinheiro e aquele batom especial.

A partir desses itens, você pode se sentir segura para construir looks interessantes e adquirir pecas complementares, que irão ajudar o seu guarda-roupa funcionar melhor. Dica de ouro: sempre que pensar em adquirir uma nova peça, avalie se ela irá combinar com pelo menos 3 ou 4 pecas o seu armário.
Agora, você já pode se sentir um pouco mais confiante para avaliar se aquela peça existente ou mesmo uma nova peça, fazem sentido para o que você busca valorizar no seu corpo e estilo. Mas claro, se precisar de ajuda para entender o seu tipo físico, estilo e fazer diferentes composições com as suas roupas atuais, conte com a gente.
Ilustrações: Pinterest

Camisa branca. Uma peça, muitas composições.

Dos itens essenciais no guarda roupa feminino, a camisa branca é uma daquelas peças que consegue te acompanhar o dia todo e em inúmeras ocasiões, já que a sua versatilidade permite a composição de looks incríveis no dia a dia e também em momentos especiais.
Atual e elegante, a peça é um dos investimentos que vale a pena, pois vai te acompanhar por muitas temporadas e em todas as estacoes do ano. Par isso é importante que ao escolher a sua, opte por um modelo neutro, com bom caimento e material, confortável e que antes de tudo, esteja adequado ao seu tipo físico e estilo. Depois é só arrasar por aí.
E claro, se precisar de ajuda para entender o seu tipo físico, estilo e fazer diferentes composições com a sua camisa ou outros itens do seu guarda-roupa, conte com a Nothing to Wear.

Imagens: Pinterest


Sobreposições. Uma forma atual e descolada para surpreender no look.

Se você está buscando por uma composição estilosa e elegante para usar no dia a dia ou em ocasiões especiais, lembre-se que o uso da terceira ou quarta peca podem ajudar a transformar e sofisticar o seu visual.
Estamos aqui falando das sobreposições em suas diferentes composições, que trazem um novo olhar para as peças do seu guarda-roupa. Nessa proposta vale ousar no mix de texturas e estilos, para criar um visual inusitado.
Separamos algumas inspirações pra você se animar. Que tal fazermos isso no seu guarda-roupa?



Imagens: Pinterest e Amaro Fashion

Algumas peças, vários looks.

Um dos objetivos da Consultoria de Estilo é trazer um novo olhar para o seu atual guarda-roupa e maximizar o uso das peças, otimizando assim o seu tempo ao se vestir.
Hoje vamos dar algumas dicas de como montar um guarda-roupa coordenado, ou também conhecido como looks casulo. Estamos falando de um conjunto de roupas que se combinam e podem ser coordenadas entre si, formando vários looks. Essa é uma solução incrível por exemplo na hora de arrumar as malas para uma viagem.
Para começar, devemos escolher uma ou duas peças chave. Depois, eleger mais três ou quatro cores que combinem com as peças chave, e optar por itens adicionais que combinem entre si (de 06 a 12 itens). O ideal é que cada peça deva combinar com pelo menos 03 outras.
Para que as composições fiquem interessantes, aposte em peças com estruturas e propostas diferentes e eleja acessórios para compor os looks. Além disso, sempre importante lembrar que devemos considerar uma quantidade maior de peças de cima (blusas e malhas) do que de baixo. Geralmente consideramos 3 ou 4 peças para 1.

Para entender melhor a ideia, separamos abaixo uma proposta de como usar 10 peças para compor o look de 10 dias.


Saia de couro – incrível em todos os estilos!

Saia de couro – incrível em todos os estilos

Dos itens must have no guarda roupa de todas as mulheres, a saia de couro é uma das nossas paixões.
É uma daquelas peças que consegue te acompanhar o dia todo, já que a sua versatilidade permite a composição de looks incríveis no dia a dia e também em ocasiões especiais, com apenas pequenas mudanças de acessórios, sapatos ou sobreposições.
Um bom exercício na hora de fazer uma composição, é encara-la como uma peça jeans. Neutra, versátil e sempre atual, funciona muito bem com camisetas, camisas, casacos, tricots, casaquetos, tênis, sandálias, salto alto, Oxford e botas.
Sempre presente no visual de mulheres elegantes e antenadas, esse é um dos investimentos que vale a pena, pois vai te acompanhar por muitas e muitas temporadas. Importante apenas procurar por modelos e cores atemporais, confortáveis e que antes de tudo, sejam adequados ao seu tipo físico.
Depois é só arrasar por aí.



Um companheiro inseparável: Jeans

Foi-se o tempo onde o jeans era apenas sinônimo de rebeldia. Em uma variedade enorme de modelagens e tons, ele vem se consagrando a cada temporada como item indispensável na composição de um guarda-roupa atual e assertivo.

As possibilidades de combinações com peças, tecidos, cores e estampas são imensas, permitindo a composição de visuais descolados, cheios de estilo e também confortáveis.

O modelo ideal é aquele que além de combinar com o seu estilo e tipo de corpo, vai funcionar com um maior número de peças do seu guarda-roupa. Geralmente as opções mais clássicas e com menos detalhes acabam garantindo mais opções de looks.

Separamos aqui algumas combinações de modelos e sapatos pra te ajudar na composição do look.

Reto – modelo básico que vai bem para todas as silhuetas. A dica é apostar em sapatos mais casuais como tênis, slippers e sapatilhas. Por sua versatilidade, também funcionam bem com sapatos e botas de salto alto.

 

Skinny – super versáteis e justinhos, podem ser acompanhados por espadrilles, oxfords, mocassins, sapatilhas, botas, rasteirinhas e scarpins.

 

 

Flare ou Pantalona – os modelos com bocas largas, funcionam muito bem com um salto alto, principalmente se a ideia for alongar a silhueta. Os saltos grossos e as sandálias plataformas são os mais utilizados. Mas nada impede de você optar por saltos sandálias com saltos mais finos e botas por exemplo.

 

 

Cropped – com as barras cortadas, a modelagem pode variar (larguinhas, justinhas e corte reto). Aqui os sapatos baixos como sapatilhas, slippers e oxford funcionam com perfeição. Para um visual mais elegante, aposte nos saltos finos. E se a opção for por um look descolado, eles funcionam super bem com botas de cano curto.

 

Boyfriend – descolado e cheio de estilo, funciona muito bem com saltos finos como o scarpins e sandálias.  Para um visual mais despojado pode investir no tênis, slipper, rasteirinha e mocassins.

Imagens: Pinterest